PRODUTOS ADICIONADOS NO CARRINHO
Carrinho Vazio
01/02/2021

Passos Comprovados para Vender no Mercado Livre DO ZERO


 

Passos Comprovados para Vender no Mercado Livre DO ZERO

 

23 vendas por segundo são realizadas dentro Mercado Livre, o maior Marketplace da América Latina. Isso significa mais de 2 milhões de produtos vendidos por dia.

Esse número sozinho representa uma oportunidade incrível tanto para quem está começando a vender online quanto para quem já se consolidou, mas quer expandir os canais de venda…

No entanto, para conquistar uma fatia desse faturamento milionário, não basta ter vontade…

Para você conquistar espaço e se tornar o mais novo MercadoLíder é muito mais do que apenas o seu produto…

Antes, é preciso entender como vender no Mercado Livre literalmente DO ZERO, que é o ponto que toda marca começa, e buscar pelas estratégias corretas para aproveitar o poder desse marketplace.

É sobre isso que vamos falar durante este artigo.

Nós separamos os 3 passos ESSENCIAIS e comprovados para começar a vender no Mercado Livre de forma simplificada…

… ainda que você NUNCA tenha tido uma experiência com o Ecommerce anteriormente! 

Vamos lá?

 

Se você não está no Mercado Livre, está perdendo dinheiro

Vou explicar com um cenário hipotético:

Suponhamos que você queira muito ter a sua própria loja virtual para começar a vender na internet. Qual seria o primeiro passo? 

Investir no site! 

Mas, logo de cara, você encontraria uma barreira ao seguir esse caminho… 

O custo do site.

Abrir um site não é o problema, mas mantê-lo exige um investimento inicial de alto risco, algo que não faz sentido quando ainda nem tem um produto validado.

Quando digo que não faz sentido, é porque um site, além de precisar ser bem feito para gerar uma boa experiência para o cliente, também precisa de algo básico: o tráfego. 

Ou seja, um fluxo de pessoas visitando essa loja virtual.

E, sem tráfego, não há venda! 

Diante deste cenário, imagino que sua reação seria a mesma de outras centenas de pessoas que já tentaram seguir por este caminho: frustração.

E com razão, uma vez que ninguém quer investir tempo e dinheiro em algo que não traz retorno.

É por isso que eu recomendo um caminho diferente. Um caminho que não envolve um site próprio e cujo investimento é praticamente nulo…

Este é o caminho dos marketplaces. 

Ou seja: usar plataformas que já te oferecem a estrutura prontinha para você anunciar os seus produtos… com custo ZERO.

Existem centenas de marketplaces atualmente e é possível vender em todos eles, mas para o momento de validação e para dar destaque para sua empresa, o melhor canal é o Mercado Livre.

Esta não é minha opinião. É um fato, conforme mostram os números abaixo:

  • No segundo trimestre de 2020, o Mercado Livre alcançou a marca de  878,4 milhões de dólares em faturamento, segundo relatório divulgado pela própria empresa. O valor é referente ao aumento de 123% no número de vendas por lá, em comparação ao mesmo período de 2019. 

E não é só isso… 

O Mercado Livre alcançou outros números impressionantes em 2020, como: 

  • Aumento no número de itens vendidos de 101,4% (178,5 milhões);

  • Lucro bruto de 427,2 milhões de dólares.

Esse crescimento gigantesco fez do Mercado Livre o maior marketplace de toda a América Latina. 

Agora você entende o motivo pelo qual estou dizendo que se você não vende no Mercado Livre, você está perdendo dinheiro?

A única questão é: embora o Mercado Livre tenha um potencial milionário para os vendedores, ter um produto e colocá-lo para vender por lá NÃO é o suficiente para conquistar esse resultado.

Para chegar lá, você precisa conhecer o ecossistema diferenciado que esta plataforma de venda oferece e entender como criar seu próprio mercado ali dentro, utilizando todo o poder da internet a seu favor.

Aqui, eu vou te mostrar mais sobre essas funcionalidades, que são a base estrutural para qualquer pessoa que vá vender dentro desta plataforma…

Mas atenção, porque a verdadeira sacada para você se tornar Líder de Vendas no Mercado Livre vem depois disso…

O Ecossistema do Mercado Livre [Funcionalidades]

Pensando no vendedor, o Mercado Livre criou soluções para facilitar o seu trabalho, aumentando as chances de alavancar o seu negócio por lá, sem precisar depender de soluções externas.

Essas soluções vão desde a parte logística até o meio de pagamento. Todas essas funcionalidades estão disponíveis para você aproveitar o melhor que o Mercado Livre oferece. 

1- Mercado Envios

O Mercado Envios é a solução logística criada para deixar a entrega dos produtos mais dinâmica e a gestão mais simplificada. 

Com a ferramenta, você consegue calcular o frete para colocar nos anúncios e os seus clientes já terem uma ideia de quanto vai custar.

Além disso, é permitido imprimir as etiquetas dos pacotes de forma pré-paga, o que vai te ajudar ainda mais na hora de enviar os produtos por meio de transportadoras parceiras, como os Correios. 

Outra vantagem do Mercado Envios é a disponibilidade de embalagens caracterizadas do próprio Mercado Livre para você enviar os produtos de forma personalizada. 

Entenda que você não tem a obrigação de utilizar o Mercado Envio [inclusive, você tem até a opção de encontrar com o cliente para entregar em mãos], mas esta é uma boa forma de facilitar seu processo logístico.

2- Mercado Envios Full

Você também pode usar o sistema de fullfilment da empresa, o Mercado Envios Full. Essa foi uma forma que o Mercado Livre encontrou para baratear os custos de entrega…

A ideia é oferecer ao vendedor um depósito para o estoque e também ficar responsável por todo o processo: embalagem, envio e pós-venda.

Isso significa que você só ficará encarregado de repor o estoque e criar anúncios de qualidade para o seu produto. 

Mas vamos deixar bem claro que o Mercado Envios Full é uma opção recomendada para os vendedores que recebem um volume alto de pedidos e  também fazem entrega em regiões mais distantes.

Do contrário, a melhor opção é o Mercado Envios! 

3- Mercado Pago

O Mercado Pago foi a solução que o Mercado Livre encontrou para integrar um meio de pagamento dentro da própria plataforma. Hoje, o Mercado Pago funciona como um banco digital, possibilitando até empréstimo e rendimento.

Dentro do marketplace, o Mercado Pago faz a intermediação entre o cliente e o vendedor, possibilitando a compra em sites associados e oferecendo ao cliente a chance de pagar por meio de boleto, cartão de crédito, débito ou crédito do Mercado Pago, caso o cliente tenha saldo.

Por ser fácil de usar, essa é uma das melhores opções de meio de pagamento. Se você está começando do zero, indico que use sempre o Mercado Pago mesmo [no Mercado Livre, sua outra opção é usar o “pagamento a combinar”, mas não indico].

4- Mercado Livre Publicidade

O Mercado Livre Publicidade é a ferramenta “responsável” por toda a parte de campanhas que circulam dentro do site. Isso inclui links, banners, Product Ads, Vídeos, Native Ads… 

Esse serviço ainda conta com a parceria de dois gigantes do Mercado: a Rubicon e o Google. Com isso, os anúncios feitos lá dentro também aparecem nas buscas desses sites, aumentando a visibilidade do seu produto.

Essa ferramenta pode ser utilizada por todos os vendedores do marketplace, desde os microempreendedores até grandes empresas, e o custo é apenas em comissão: você só paga se vender o produto.

5- Mercado Shops

Essa ferramenta é para quem quer criar a própria loja virtual e integrar a loja dentro do Marketplace. O Mercado Shops funciona da seguinte forma: o vendedor cria a própria loja e integra os cadastros dos produtos na conta do Mercado Livre. 

Ou seja, ao invés de perder um tempo enorme criando um site desvinculado e ter que fazer o cadastro 2 vezes, no Mercado Shops você fará apenas uma vez, diminuindo o trabalho e ganhando tempo para fazer outras coisas mais importantes dentro da empresa.

Parece algo incrível, mas, inicialmente, não recomendo que use essa ferramenta, porque ainda tem todos os custos envolvidos de uma loja virtual comum. 

Passos Comprovados para Vender no Mercado Livre e se tornar MercadoLíder

Para iniciar a jornada rumo ao selo de MercadoLíder, nós criamos um método comprovado para você começar a vender no Mercado Livre. Confira: 

1- O Triângulo do Sucesso

Vender no Mercado Livre triangulo do sucesso

O triângulo do Sucesso nada mais é do que a reunião dos 3 pilares fundamentais para conseguir fazer a sua empresa crescer no mercado.

 

Essa é uma parte do planejamento que vamos explicar com detalhes mais adiante. Mas agora, vamos focar nesses 3 pontos: audiência, oferta e estrutura. 

Audiência 

A Construção de Audiência é um passo importantíssimo na hora de começar a vender no Mercado Livre partindo do Zero.

Não é à toa que está no topo do nosso triângulo…

Afinal, é a sua audiência que vai comprar os seus produtos anunciados no Mercado Livre! 

Por isso, você precisa criar autoridade para a marca, gerar confiança e trazer mais clientes para a sua loja.

Isso será feito, principalmente, por meio das redes sociais.

Nelas, você vai criar conteúdos para o seu público, envolvendo-os com sua marca! Com o tempo, as pessoas vão te seguir, compartilhar os seus conteúdos, indicando a sua loja…

Assim, a sua audiência vai aumentando e as chances de converter também. 

Oferta 

Em paralelo aos conteúdos, você também terá que incluir as ofertas.

As ofertas estão ligadas diretamente com o seu produto (se ainda não escolheu, vamos te ajudar com isso no passo 2)…

Ou seja, a oferta é a forma como você vai oferecer o seu produto para aquela audiência que foi impactada com o seu conteúdo.  

Estrutura 

E, por fim, para finalizar o Triângulo do Sucesso, é necessário ter uma estrutura mínima para que o seu cliente consiga comprar o seu produto.

2- Criando o Planejamento do seu Negócio

  • Escolha o seu Produto

Aqui, você vai escolher o seu produto baseado em dois pontos muito importantes: produtos com alto potencial de lucro e baixa competitividade no mercado. 

Para encontrar esse produto, faça uma pesquisa de tendências de mercado! 

A ideia é usar o Google Trends e pesquisar os produtos mais buscados na internet e, a partir disso, escolher um produto. 

É bem importante que entenda que o produto deve ter uma constância de busca, não apenas um pico, para que o seu negócio também tenha constância nas vendas. 

  • Mapeei os seus Concorrentes

Sabendo quem são os seus concorrentes diretos e indiretos, você terá uma ideia das tendências do mercado, os interesses da audiência, quais os produtos que são mais ofertados…

É claro que a ideia não é copiar, mas ficar atento ao que acontece no mercado para não ficar para trás. E mapeando os seus concorrentes, você também pode encontrar bons fornecedores para o seu negócio. 

  • Escolha o seu Fornecedor

Mapeie, pelo menos, 3 opções de fornecedores para ter a disposição caso o primeiro falhe e não consiga entregar os produtos. 

Dessa forma, você sempre terá outro lugar pronto para suprir a demanda.

Você pode encontrar fornecedores de várias formas:

  1. Pesquisa no Google;

  2. Comunidades no Facebook;

  3. Marketplaces e redes sociais;

  4. Olhando o CNPJ de etiquetas de produtos ;

  5. Buscando o fornecedor dos seus concorrentes…